Olá! Deseja mais informações sobre nossos produtos?



5 ERROS QUE PREJUDICAM O DESEJO SEXUAL DO CASAL




A rotina maçante de agregar serviços domésticos com trabalho, por causa da pandemia de Covid-19 acarretou diversas consequências na vida da população.

A opção de home office assegurou o trabalho de muitas pessoas, permitindo que mantivessem a prestação dos serviços de suas casas, evitando contato e, assim, o contágio. Mas até onde agregar trabalho com as atividades domésticas é saudável?

O mais afetado pelas consequências dessa sobrecarga é o relacionamento. Por isso, elencamos os cinco principais erros que prejudicam o desejo sexual do casal.

FALTA DE BEIJOS E PRELIMINARES

O beijo é um dos termômetros da relação (e é aquele beijo de língua, nada de bitoquinha), e deve ser usado para estimular o desejo e a excitação em todo o corpo, junto com a masturbação e o sexo oral, por exemplo. Lembre-se disso no dia a dia, já que as preliminares duram do fim de uma relação sexual até o início da próxima.

BRIGAS E DIFICULDADE DE COMUNICAÇÃO

As pequenas brigas do dia a dia, as discussões e a falta de comunicação entre os casais prejudicam o sexo. Quando um está chateado, ou com raiva do outro, é difícil se entregar e aproveitar a relação sexual. Conversar é sempre a melhor solução. Não protele o problema, crie uma oportunidade para esclarecer o que te chateou e se posicione sobre como aquilo te machuca. Se houver amor e respeito na relação, o ouro compreenderá sua dor e evitará que se repita.

ANSIEDADE E ANSIEDADE DE DESEMPENHO

A ansiedade costuma deixar a cabeça acelerada e trazer pensamentos futuros de “e se” e “será”, que atrapalham o sexo, tiram o foco do presente e do prazer, que é fundamental para a excitação. A ansiedade do desempenho provoca o objetivo da “performance perfeita/ideal”, que está longe de existir. Cada um tem gostos e prazeres diferentes, e todos estão sujeitos a falhas, já que a perfeição não existe. Então não se cobre, apenas aproveite e curta cada momento a dois.

DOR NA HORA DA RELAÇÃO

Toda vez que sentimos dor, nosso cérebro tenta nos proteger. No caso da dor na relação sexual, o cérebro tende a contrair a vagina cada vez mais para evitar incômodos, e se continuar a tentar a penetração mesmo com essa dor, isso pode inclusive diminuir o desejo a excitação com o tempo. O segredo é caprichar nas preliminares e, se as dores persistirem, buscar ajuda de especialistas. Não insista em continuar uma relação sexual se você não está confortável e respeite seu parceiro ou parceira, caso veja que se sente desconfortável. O prazer tem que ser mútuo.

QUANDO O NAMORO NÃO É PRIORIDADE DO CASAL

Esse é o quinto e mais destrutivo dos erros. O desejo na maioria das vezes não surge do nada, ele precisa ser provocado, este tipo de desejo é chamado de responsivo, ou seja, ele precisa ser estimulado para aparecer. Para isso acontecer em um relacionamento é importante existirem momentos dedicados ao casal, com carinhos e atitudes que recuperem o desejo, sem deixar a relação cair na rotina. Lembre-se de quando namorava, o que faziam que não fazem mais hoje, que tal voltar a experimentar?

Busque novas formas de dar e sentir prazer. Surpreenda quem você gosta e saia do automático. Diferente do que muitos pensam, adicionar cosméticos sexy pode contribuir (e muito) para a relação, pois podem ajudar pessoas com pouca lubrificação, ejaculação precoce, dificuldade de ereção, além de potencializar sensações. A Soft Love conta com diversos produtos que turbinará sua relação.

Fonte: https://sexosemduvida.com/5-erros-que-destroem-o-desejo-sexual-do-casal/

BÔNUS SUPER DICA

Você disse PRAZER??? Hoje a super dica é do meu produtinho que não tem igual, o JATOS DE PRAZER. Descubra uma nova forma de se excitar. Este óleo estimulante proporciona uma deliciosa sensação de calor em contato com a pele. Basta aplicar na região desejada e aumentar seu prazer.