Olá! Deseja mais informações sobre nossos produtos?



MASSAGEM ERÓTICA EM 7 PASSOS




Quem é que não gosta de uma boa massagem, não é mesmo? Mas e uma massagem erótica, você já experimentou fazer ou receber?

Trata-se de uma maravilhosa experiência de dar prazer para seu parceiro ou sua parceira. Então, que tal iniciar a semana recebendo ou fazendo uma bela massagem erótica para apimentar sua relação?

Como tudo na vida, fazer uma boa massagem, evolui com a prática. Faça uma vez, faça uma segunda, e vai ver que a cada vez que fizer, mais habilidade você terá e perceberá quais os principais pontos de prazer do seu parceiro (a). Se você quer dar os primeiros passos, aí vão dicas que podem te ajudar a ter uma noite diferente e muito gostosa.

PASSO 1: DESCONECTE-SE DO MUNDO

Garanta que seus equipamentos eletrônicos estejam desligados e sem nenhum alarme para tocar no meio da massagem. Enquanto a massagem avança, a intimidade aumenta e a conexão fica mais forte e mais gostosa, o toque ou vibração de um celular, ou um “plin” de uma nova mensagem podem destruir o clima.

PASSO 2: CUIDADO COM A PRESSA

Ter alguém para compartilhar este momento é excitante, tão excitante que às vezes ficamos ansiosos. A ansiedade também pode atrapalhar muito o momento. A melhor forma de lidar com isso é ter a intenção de dar prazer ao outro, sem pressa. Se ficar difícil controlar, respire tranquilamente e olhe com esta intenção para o corpo a sua frente.

PASSO 3: PREPARE O AMBIENTE E O MOMENTO

Para que as sensações possam ir além do toque é importante estimular os outros sentidos. Coloque uma música agradável a ambos, que não gere um relaxamento excessivo, mas crie um clima de intimidade e tranquilidade. O ideal é que sejam músicas instrumentais ou sem letras conhecidas, para a pessoa não se distrair cantando. Existem listas de músicas “Sexy Massage”, “Sexy Songs” no Spotify, por exemplo.

Remova joias, colares, etc, e cuidado com as unhas grandes. Coloque um cheiro gostoso, sem exagero. Pode ser um perfume ou incenso de acordo com o gosto. Deixe o ambiente à meia luz, buscando o conforto e a sensação de intimidade. Mas não deixe muito escuro que te prejudique observar o corpo e as sensações do seu parceiro. Ajuste a temperatura do ambiente. Quem recebe a massagem, tende a sentir mais frio do que quem a realiza. Busque uma temperatura confortável aos dois.

Um leve toque de vinho, uma fruta ou um chocolate antes, pode abrir o paladar para participar da festa. A massagem erótica pode ser feita como um momento combinado ou como surpresa. Se for combinado, tome um tempo para que vocês dois se conectem um com o outro. Enquanto um toma um banho gostoso, ou outro ajusta a música e fica um pouco em silêncio, verificando o passo 1 e se conectando com o passo 2.

Tudo pronto, antes de começar a se tocarem, fiquem um tempo sentados na cama, um de frente para o outro, olhando-se e respirando juntos, percebendo as sensações de estarem juntos nesta experiência. Pode ser um pouco difícil segurar, mas aguentem, pois, benefício é grande.

Se for uma surpresa, vá guiando o outro por estes 7 passos, mantendo o clima de mistério em todas as etapas da massagem.

PASSO 4: PERCEBA O CORPO DO SEU PARCEIRO

Agora seu parceiro está pronto para receber a massagem erótica. Corpo nu, deitado de barriga para baixo. Sim, de barriga para baixo, para que o corpo seja tocado primeiro onde é menos erótico, e o nível de excitação cresça ao longo da experiência. Peça que abra um pouco as pernas e coloque-se sentado entre as mesmas. Coloque suas mãos nos tornozelos ou pernas, e tome um minuto para observar este corpo. Note o que acha mais belo, as partes que te atraem, e perceba que está entregue para que você o(a) leve a sensações de prazer.

PASSO 5: EVITE FALAR

Durante a massagem erótica, evite falar e ajude carinhosamente seu parceiro (a) a simplesmente relaxar sem fazer nada (algumas pessoas têm dificuldade). Para quem é massageado, se algum ponto incomodo for tocado e o parceiro não perceber, direcione gentilmente a mão dele para outro lugar.

PASSO 6: TOQUE NO CORPO

O toque no corpo pode mesclar sutileza e mais pressão. O toque sutil traz sensações novas ao corpo, especialmente quando áreas novas são tocadas; o toque mais “pegado” traz intensidade de sensações mais conhecidas, teste, experimente. Para que a massagem erótica amplie a percepção de prazer, é importante explorar o corpo todo. Aproveite e toque locais pouco estimulados.

Por exemplo:

Do joelho até os pés, a parte interna das coxas, as mãos, o pescoço e a cabeça, mas fique muito atento ao que faz o outro sentir-se bem. A respiração mais ofegante, ou gemidos, são um ótimo indicativo de que você está no bom caminho. Pode-se usar óleos e cremes, especialmente se o toque for mais profundo na pele. Busque cremes neutros (a base de água, por exemplo), sem cheiro, ou que a pessoa já conhece, para evitar qualquer tipo de alergia.

Aqui outra dica, você não precisa usar apenas as mãos para massagear, pode colocar um pouco de creme nos antebraços e utilizá-los também. Depois de um tempo, indique gentilmente que seu parceiro vire-se de barriga para cima.

Os genitais são o ponto alto da massagem erótica, assim, devem ser deixados para o final. A exploração inicial do corpo visa ao mesmo tempo, relaxar tensões, estabelecer a conexão casal e acordar o corpo todo para o prazer. Com isso, quando o genital for tocado, as sensações terão como espalhar-se, ampliando em muito o prazer do momento.

A massagem no pênis e na vagina são muito diferentes, mas para o casal que está buscando iniciar-se, vale a regra da intenção de dar prazer prestando atenção ao outro. Você precisa ficar alerta caso seu parceiro sinta algum desconforto, algum incômodo, e te dê a dica de que não é por ai. Tranquilamente, ache outra rota para seguir. Para os casais que precisarem de ajuda ou quiserem especializar-se na arte de massagear o outro, existem cursos oferecidos seja de massagem tântrica, massagem sutil, entre outras massagens.

PASSO 7: A TROCA

A ideia da massagem erótica é “animar a festa”, e não de proporcionar relaxamento. Assim, sugiro que a mulher receba a massagem primeiro. Uma vez bastante excitada, pode trocar de posição com o homem, que também deve iniciar de barriga para baixo, e curtir sua merecida recompensa, sem pressa nem ansiedade. Quando a parceira chegar na parte do pênis, tome um tempo para explorá-lo em novas regiões e de novas formas – experimentando um toque sutil e beeeem lento, mudando para algo mais intenso, variando – mas depois soltem as rédeas e deixem fluir.

Por fim, lembre-se, tudo melhora com a prática. Se há conexão entre vocês, não se preocupe com eventuais momentos de erros e desconfortos. Esteja atento e mostre sua intenção em dar prazer. Sem apressar-se, respire, olhe para seu parceiro e continue. Com o tempo, cada massagem servirá de portal para um novo patamar de prazer no sexo. Divirtam-se!

Fonte: https://sexosemduvida.com